SOMOS ESCOLA AMIGA DA CRIANÇA

O Instituto Duarte de Lemos renovou o título de “Escola Amiga da Criança” (4ª edição)

A “Escola amiga da Criança” trata-se de uma iniciativa conjunta da CONFAP (Confederação Nacional das Associações de Pais), da LeYa e do psicólogo Eduardo Sá, que visa distinguir escolas que concebem e concretizam ideias extraordinárias, contribuindo para um desenvolvimento mais feliz da criança no espaço escolar e essencialmente partilhar essas boas práticas.

Veja a lista de Escolas distinguidas na 4.ª edição da Escola Amiga AQUI

O Colégio foi distinguido em diversas categorias, com a distinção dos quatro projetos a concurso, especificamente, Bio Horta Pedagógica em Casa, Bio Parque Sensorial, Horas Mágicas (Projeto socio-emocional à distância) e O Farmacêutico vai à escola em casa, desenvolvidos ao longo do ano letivo 2020/2021. 

A Bio Horta Pedagógica em Casa foi um projeto de continuidade, já premiado na edição anterior do Selo Escola Amiga da Criança. Perante o confinamento nacional de 2021, o projeto original foi adaptado de forma a permitir que as aprendizagens emergissem num novo contexto. Os estudantes foram desafiados a desenvolver algumas das atividades inerentes aos projetos nas suas casas com o apoio e envolvimento da família num espírito de sustentabilidade, partilha de saberes e reforço de laços intergeracionais. No regresso ao ensino presencial, os estudantes tiveram oportunidade de provar no Colégio alguns dos alimentos semeados e plantados em casa. 

O Bio Parque Sensorial surgiu da vontade de criar no espaço escolar um local ao ar livre promotor do desenvolvimento cognitivo, motor, psicológico, social e sensorial para benefício de todas as crianças do pré-escolar e 1º ciclo, impulsionando a sua autonomia e criatividade fora do espaço de sala de aula.  

É um espaço composto por uma casa na árvore com escorrega, jardins verticais e horizontais com plantas aromáticas e um tapete sensorial pensado, planeado e executado exclusivamente pelos estudantes do 1º, 2º e 3º ciclos sob a orientação dos professores responsáveis. Na construção do B-Parque foram apenas utilizados materiais reciclados e reutilizados, promovendo a consciência ambiental e sustentabilidade na comunidade educativa.  

A implementação deste projeto seguiu uma abordagem multidisciplinar e uma metodologia de gestão de projeto que facilitaram a aprendizagem de conteúdos chave de diversas áreas, promovendo simultaneamente competências de criatividade, comunicação, espírito crítico e trabalho cooperativo. O projeto foi levado a cabo por diversos educadores e professores de unidades curriculares diferentes, nomeadamente, educadora do pré-escolar, professora titular na área do Estudo do Meio, professor(a) de Educação Visual, Educação Tecnológica, Matemática, Ciências Naturais, Cidadania e Desenvolvimento e a psicóloga escolar. 

Este projeto resultou de uma parceria estabelecida com o PMI Internacional, cujos voluntários acompanharam todos os passos desde a conceção da ideia até à inauguração do parque.  

As Horas Mágicas (Projeto socio-emocional à distância) consistem num programa universal de promoção de competências socioemocionais cujo público-alvo são os estudantes do 1º ciclo de ensino. Este foi um projeto desenhado pela psicóloga escolar, que nasce da constatação do sofrimento emocional e alterações do comportamento dos estudantes decorrentes da vivência do primeiro confinamento nacional de 2020, com impacto quer na aprendizagem, quer na saúde psicológica dos estudantes. Acreditando que o ano letivo 2020/2021 traria consigo novos períodos de ausência física da escola e de isolamento social, planeou-se um programa com o objetivo de prevenir o aparecimento de sintomas psicopatológicos e a estagnação do desenvolvimento socioemocional das crianças. 

O projeto sustenta-se em três ações pilares, desenvolvidas de forma assíncrona, síncrona e presencial com o contributo de vários intervenientes, especificamente, estudantes, famílias, professora titular e psicóloga escolar. As ações são o Pote da Gratidão, as Histórias com Emoção e o Placard da Gratidão que pretendem criar um espaço para o autoconhecimento, o desenvolvimento de competências socioemocionais e a promoção do bem-estar emocional, sobretudo, durante os períodos de ensino à distância. O Pote da Gratidão implementa uma rotina familiar que promove maior proximidade e envolvimento, fomentando a plena atenção de cada membro sobre si e sobre os outros através da livre expressão de pensamentos e sentimentos. As Histórias com Emoção representam as sessões síncronas semanais realizadas pela psicóloga escolar em coadjuvação com a professora titular e desenvolvidas a partir de literatura infantil intencionalmente escolhida para cada turma de acordo com o grupo etário e a sua contribuição para os objetivos específicos. As histórias eram uma forma de dar sentido e exteriorizar emoções e sentimentos durante o período de isolamento social, quer com o grupo-turma, quer posteriormente com a família. No regresso à escola realizou-se o Placard da Gratidão, na sala da turma, onde cada um partilhou papeis do seu Pote da Gratidão, fotografias com a família e dos encontros síncronos do projeto ou outras aprendizagens para si significativas. Este foi o espaço para falar sobre os medos do regresso, promover atitudes de empatia e respeito, fortalecer os laços de amizade entre os estudantes e o sentimento de pertença e diálogo entre o grupo ajudando na transição do ensino à distância para o presencial.  

O Farmacêutico vai à escola… em casa é um projeto de Educação para a Saúde desenvolvido em parceria com a Associação Nacional de Farmácias e a Farmácia Local (Farmácia Janeiro). Foram realizadas, durante o período de ensino à distância, ações de literacia em saúde com atividades de sensibilização para diversos temas de saúde e bem-estar destinadas aos estudantes do 1º e 2º ciclos de ensino. Com o contributo de mais este projeto, o ensino à distância abrange a mesma diversidade de experiências de aprendizagem anualmente contempladas no ensino presencial.  

PARABÉNS a todos aqueles que, de alguma forma, estiveram envolvidos nestes projetos e que fazem estas distinções acontecer!